Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Solenidade inaugura oficialmente a nova sede da Defensoria Pública Regional de Carazinho
RSS
A A A
Publicação:

Solenidade inaugura oficialmente a nova sede da Defensoria Pública Regional de Carazinho

Solenidade inaugura oficialmente a nova sede da Defensoria Pública Regional de Carazinho
Solenidade inaugura oficialmente a nova sede da Defensoria Pública Regional de Carazinho - Foto: Divulgação ASCOM DPE/RS

Carazinho (RS) – O fim da tarde do dia 3 de dezembro foi marcado por saudações e felicitações. A nova sede da Defensoria Pública Regional de Carazinho foi oficialmente inaugurada e a solenidade contou com a presença de membros da Instituição, autoridades locais, servidores, convidados, estagiários e a imprensa. A nova sede está localizada na Rua Bento Gonçalves, 110, próximo ao Fórum, e atenderá cidadãos dos municípios de Carazinho, Chapada, Almirante Tamandaré, Santo Antônio do Planalto e Coqueiro do Sul.

Em sua fala, o Defensor Público Diretor Regional da DPE Carazinho, Antônio Marcos Wentz Brum, agradeceu a presença de todos e enalteceu o avanço estrutural da Defensoria Pública. “Até pouco tempo atrás, acolhíamos os nossos assistidos em um local que não reunia as necessidades reais para o trabalho. Hoje a situação mudou. A execução da obra tornou-se realidade. A Defensoria se fortalece em Carazinho enquanto instituição e ganham os assistidos por meio do trabalho dos agentes de transformação social – os Defensores, servidores e estagiários - que dedicam seu suor e empenho para dar voz aos necessitados. Somente nesse ano de 2018, já foram prestados 7.500 atendimentos pela DPE Carazinho, o que demostra confiança no trabalho realizado. Sabemos que na nova sede, o volume será ainda maior”, disse. Antônio Marcos contextualizou o cenário de desigualdade do país, e mostrou o papel da Defensoria Pública no acesso à justiça. “Vivemos em um país extremamente desigual, onde as oportunidades não são as mesmas para todas as pessoas. Há um desequilíbrio na balança da justiça e a Defensoria é aquela Instituição que busca esse equilíbrio”, disse. Antônio Marcos, por fim, citou as vantagens da nova sede, como acessibilidade, amplo espaço, privacidade e conforto, e agradeceu aos colegas da unidade e aos membros da Administração Superior pela dedicação. “A vitória não é só da DPE, mas especialmente da população carente que hoje ganha um espaço digno de exercício da cidadania. Agradeço à Administração Superior que nos deu total apoio para a nova sede sair do papel e virar realidade, mesmo enfrentando dificuldades com restrições orçamentárias. Ainda, é importante homenagear os servidores e os estagiários que sem o esforço de cada um deles, nosso trabalho não teria a possibilidade de chegar ao seu ideal”, finalizou.

O Defensor Público-Geral do Estado, Cristiano Vieira Heerdt, disse que a inauguração do novo espaço parte da percepção que a sua gestão administrativa tem sobre a necessidade de investir em espaços públicos para outorgar esses locais à população. “Esses novos ambientais são confortáveis, sem sofisticação, sem luxo, mas acessíveis, que serão utilizados pela população que mais necessita. O atendimento é a força motriz da nossa Instituição, principalmente o atendimento aos mais vulneráveis. Esse espaço deve servir como local de convergência, de diálogo, para buscarmos, preferencialmente, as soluções de forma extrajudicial, evitando o ajuizamento de ações”, afirmou.

A Subdefensora Pública-Geral para Assuntos Institucionais, Liseane Hartmann, natural de Carazinho, compartilhou com os presentes o início de sua carreira, no município. “Quando iniciei, meu primeiro estágio foi na Defensoria. Tínhamos uma sala pequena junto ao fórum. Foi uma experiência muito gratificante, que deu um norte para a faculdade e direcionou meus estudos, porque sabia que queria fazer o trabalho da DPE. Essa sede está sendo feita para que os assistidos tenham um atendimento humanizado, diferenciado, para que sejam bem acolhidos, ouvidos em suas manifestações, e para que a Defensoria possa cumprir a missão constitucional de proporcionar o acesso à justiça aos mais necessitados. Parabéns à população de Carazinho que está recebendo espaço adequado”, encerrou.

O Prefeito de Carazinho, Milton Schmitz, parabenizou o desempenho realizado pela Instituição. “É um trabalho nobre de defender as pessoas que mais necessitam. Ficamos muito felizes deste espaço estar disponibilizado à população para ter atendimento ainda melhor”, disse.

A Presidente da Associação dos Defensores Públicos, Defensora Pública Juliana Coelho de Lavigne, saudou todos os presentes, parabenizou o trabalho dos Defensores Públicos, servidores e estagiários da DPE de Carazinho, e falou sobre a importância de, além de boas estruturas, estar presente em todas as comarcas do Estado. “Estamos inaugurando uma sede moderna, sem luxos, mas com perfeitas condições de receber a população vulnerável e hipossuficiente para acolhimento e atendimento necessários. A Administração Superior não tem medidos esforços, mesmo com orçamento estreito, para inaugurar sedes no interior. Mas além de sedes confortáveis, precisamos estar em todas as comarcas do Estado, e faltam 9 das 166. Estamos trabalhando com a Assembleia Legislativa. Encontram-se seis projetos em tramitação para conseguirmos estender a Defensoria a todas as comarcas e completar o comando constitucional da emenda 80 que diz que até 2022 a Defensoria Pública precisa estar presente em todas as comarcas do Estado. Trabalho incansável, mas seguiremos até o fim”, enfatizou.

Presenças
Prestigiaram a solenidade o representante do Tribunal de Justiça, Luís Clóvis Machado da Rocha Júnior, o Diretor da Promotoria de Justiça, Paulo Estevam Costa Castro Araújo, o Vice-Prefeito de Carazinho, Fernando Santana de Moraes, Presidente da Câmara Municipal, Vereador Márcio Luiz Hoppen, os Defensores Públicos da DPE Carazinho Danielle da Costa Lima, Marcelo Martins Pitton e Arlei Antônio Batistella, a Coordenadora da Procuradoria Regional de Passo Fundo, Amanda de Moraes Weidlich, a representante da Chefia de Polícia Civil, Rita Felber, o Presidente da Subseção da OAB-RS, Tailor José Agostini, o Promotor de Justiça, Juliano Grizza, o Professor João Roberta da Silva, Vereadores do Município de Carazinho Gilson Halbert, Alaor Tomaz, João Pedro Albuquerque, Tenente Costa, Secretário Municipal de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia, Mobilidade Urbana e Meio Ambiente, Dêninson da Costa, a Coordenadora do Conselho Tutelar, Ina Terezinha Brenner, o Presidente do Conselho da Comunidade, Luciano Feldmann, o Presidente da Acic Carazinho, Cassiano Scheibe Vailatti, e o pai da Subdefensora Pública-Geral do Estado para Assuntos Institucionais, Paulo Hartmann.

 

Texto: Nicole Carvalho / Ascom DPERS
Defensoria Pública do RS
Assessoria de Comunicação Social
http://www.defensoria.rs.def.br/
Twitter: @_defensoriaRS
Facebook.com/defensoriars

Endereço da página:
Copiar