Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Defensoria Pública Regional de Canela adere ao projeto das Oficinas das Famílias

Publicação:

20190510163635oficina_canela.jpg
Defensoria Pública Regional de Canela adere ao projeto das Oficinas das Famílias - Foto: Divulgação / Ascom - DPE/RS

Canela (RS) – Ferramenta importante na resolução de conflitos de maneira extrajudicial, a Oficina das Famílias agora também é oferecida na Defensoria Pública Regional de Canela. Lançado no dia 7, o projeto é destinado às famílias que enfrentam problemas relacionados a divórcio, guarda, pensão, entre outros. O objetivo é mediar os conflitos para que os próprios cidadãos se sintam empoderados para resolverem suas questões. A primeira edição acontecerá no próximo dia 20, na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Educação de Canela (Rua Borges de Medeiros, 926, Centro). As próximas edições serão mensais.

De acordo com a diretora regional da Defensoria Pública de Canela, defensora pública Luciana Salvador Borges, podem participar da atividade os assistidos da Defensoria Pública em processo de ruptura conjugal, com filhos menores. Também serão abertas vagas para famílias encaminhadas pela rede municipal de educação. “O projeto foi apresentado no dia 7 para o secretário municipal de educação, Gilberto Tegner, e os diretores das escolas municipais. Na ocasião foi esclarecido que as escolas poderão encaminhar famílias para as oficinas. Em um segundo momento, nossa ideia é incentivar o Judiciário a encaminhar as pessoas que podem se beneficiar dessa atividade”, explicou Luciana. Segundo a defensora, também existe o interesse do município em incluir as oficinas no calendário de cursos de formação continuada para professores da rede municipal.

A Oficina das Famílias pretende orientar as famílias que enfrentam conflitos jurídicos relacionados ao divórcio ou à dissolução da união estável, nos quais vários ajustes e mudanças pessoais ocorrem, especialmente aqueles relacionados aos cuidados dos filhos menores. “A participação na oficina pretende auxiliar o casal em vias de separação a criar uma efetiva e saudável relação parental junto aos filhos. O trabalho também tem como objetivo prevenir a alienação parental, na medida em que procura conscientizar o casal acerca da importância, para a criança, da convivência harmoniosa com ambos os pais, para que construa uma relação positiva e forme por si uma imagem de cada um dos pais”, explicou Luciana.

Em 2018, a Defensoria Pública Regional de Canela realizou 1.542 atendimentos, fez 724 petições e ajuizou 117 ações na área de família.

 

 

Texto: Camila Schäfer/Ascom – DPE/RS
Defensoria Pública do RS
Assessoria de Comunicação Social
imprensa@defensoria.rs.def.br
www.defensoria.rs.def.br
Twitter: @_defensoriaRS
Facebook.com/defensoriars

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul