Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Centro de Referência em Direitos Humanos – CRDH

Fachada CDRH-DPERS
Fachada CDRH

O que é?

O Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH-DPE/RS) é uma unidade da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul, criada em parceria com Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e apoiada por diferentes entidades da sociedade civil. O CRDH atua na construção de estratégias para enfrentamento e superação da violência e afirmação dos Direitos Humanos.

Para quem?

Destina-se às vítimas de preconceito, discriminação, intolerância, abusos e maus-tratos, negligência e abandono, especialmente às mulheres em situação de violência e às vítimas de violência estatal (do sistema de justiça e de segurança pública). Indiretamente, aos familiares, lideranças comunitárias e cidadãos em geral.

Onde?

Na Rua Siqueira Campos, 731, no Centro Histórico, de Porto Alegre/RS.

A localização central visa a facilitar o acesso da população, a articulação com a sociedade civil e com as lideranças comunitárias de diferentes áreas geográficas da cidade, bem como a realização de mutirões e ações itinerantes na Região Metropolitana.

Porque…

...a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, como expressão e instrumento do regime democrático, tem como função a promoção dos direitos humanos e a orientação jurídica integral e gratuita, em todos os graus e instâncias, no âmbito individual e coletivo.

Para que...

...as mulheres em situação de violência e as vítimas de violência estatal encontrem na Defensoria Pública a expressão do “Estado-defensor”, para que possam reverter a situação de opressão e desigualdade e, assim, ter acesso à justiça e à cidadania.

Caminho da Proteção Contra a Violência e de Promoção da Cidadania

O CRDH-DPE/RS foi desenhado e implantado para reduzir a situação de vulnerabilidade social das mulheres em situação de violência e das vítimas de violência estatal. O diferencial do serviço é a estratégia de empoderamento das pessoas em situação de violência que não se restringe à defesa e proteção frente ao ato violento sofrido.

No CRDH-DPE/RS, as pessoas que denunciam a violência recebem não só um atendimento multidisciplinar feito por assistente social, psicólogo e defensor público, mas também podem ter acesso a programas de capacitação (participação em grupos, palestras, oficinas) e programas de reabilitação psicossocial, a partir de serviços conveniados com a rede pública e com a sociedade civil nas áreas da educação, formação para o trabalho, atenção em saúde mental, empregabilidade, geração de renda, entre outros.

Ainda, reconhecendo que o caminho da superação da violência e promoção da cidadania é um processo, os serviços prestados e os seus efeitos na vida de cada um dos assistidos do CRDH serão sistematicamente monitorados e avaliados pela ação de lideranças comunitárias parceiras deste projeto, o qual foi criado pela Defensoria Pública para afirmar a face do Estado como defensor e garantidor dos Direitos Humanos.

DISQUE-ACOLHIMENTO 0800-644-5556 – Ligação gratuita para todo o estado

Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul